O setor de motopeças é tão competitivo quanto qualquer outro. Os envolvidos nesse segmento estão sempre preocupados em providenciar os melhores produtos e atender imediatamente as necessidades dos seus clientes. Em meio aos desafios do mercado, agravado pela crise geral da indústria, os fornecedores ainda buscam reduzir custos e aprimorar o atendimento ao cliente.

O ciclo dos fornecedores de motopeças é caracterizado por diversas fases, todas com igual importância, que influenciam os resultados finais. O ciclo não é tão diferente daquele que é seguido por seus clientes OEM.

Para você entender melhor a conexão entre todas as etapas desse ciclo, vamos supor que você seja um dos profissionais responsáveis atuante no setor motociclístico e tenha que gerenciar a fabricação de motocicletas. Sua meta já foi estabelecida no início do ano e você deve fabricar um total de x motos. Para cada moto que for fabricada, você encomenda uma série de materiais brutos que serão utilizados para a produção das peças, ou terá que encomendar com vários fornecedores as peças necessárias já prontas para terminar a montagem. Cada fornecedor pode prover uma peça diferente, por exemplo, você solicita uma quantidade x de cabos de acelerador para uma empresa fornecedora, enquanto que em outra você pode encomendar uma quantidade y de discos de embreagem.

A dependência desses fornecedores é crucial para o desenvolvimento do trabalho. Para evitar atrasos e prejuízos decorrentes de falhas, os fornecedores de motopeças seguem rigorosamente uma gestão de trabalho. O gerenciamento envolve planejar os materiais que serão encomendados para efetivar a produção e transportar os produtos ou serviços rumo ao cliente.

Durante o ciclo, o departamento de vendas dos fornecedores de motopeças realiza estimativas das demandas de seus clientes. Essa informação é importante para estabelecer as metas do ano. No caso do setor de motocicletas, os fornecedores podem estimar as vendas para os clientes OEM, de modo a identificar os períodos de aumento na procura e de vendas de motos.

A Controlflex possui uma divisão OEM que atua na fabricação industrial voltada para soluções em desempenho de sistemas e cabos de acionamento mecânico, com criteriosa escolha de componentes e eficientes procedimentos. Saiba mais como a Controlflex atende às necessidades de clientes nos segmentos agrícola, motociclístico, automotivo leve e pesado.