A competitividade na indústria de cabos de comando para o segmento agrícola e de construção civil é notória, apesar do pouco apelo publicitário que esse nicho apresenta fora do âmbito de eventos, encontros e publicações conhecidos apenas pelas empresas atuantes do mercado.

O desafio maior para fornecedores de cabos de acionamento mecânico é o de divulgar a marca para empresas do segmento automotivo, motociclos, agrícola e de construção civil apresentando seus diferenciais e condições vantajosas de negócio.

O aspecto relativo à expertise dos produtos, no que diz respeito à qualidade dos cabos, é um dos itens que, com a obrigatoriedade de atender a propriedades técnicas rigorosas de fabricação – afinal de contas, os cabos devem cumprir com especificações industriais específicas garantindo a usabilidade do cabo conforme os padrões da engenharia mundial -, está dentro de um consenso no mercado de que todos os itens, independentemente do fornecedor, seguem as mesmas propriedades e atendem aos mesmos requisitos de qualidade. Em outras palavras, a qualidade dos cabos está, muito provavelmente, em pé de igualdade entre todos os fornecedores – supondo a premissa que todos sigam e possuam certificações próprias da indústria e que atestam pela qualidade.

A verdade é que, mesmo que todos os players do segmento apresentem produtos com altíssima qualidade, seguindo os padrões técnicos de produção exigido pelas principais montadoras, ainda existe outras questões que precisam ser resolvidas na gestão do ciclo que envolve o fornecimento desses cabos para clientes. Uma delas que toca diretamente a natureza de um bom trabalho e de uma parceria confiável, relaciona-se com a instabilidade apresentada pelo fornecedor nas entregas e ao não cumprimento das demandas comerciais.

A insegurança e deficiências de fornecedores tornou imperativo, principalmente para empresas do setor agrícola, procurarem por outros parceiros que apresentem melhores condições em atender a demanda desses cabos. Essa busca pode ocorrer mesmo que uma empresa já tenha um fornecedor fixo após longos anos de parceria. Caso o enfraquecimento dessa parceria seja percebida, no entanto, a procura por um novo fornecedor passa a ser primordial, de maneira a garantir a continuidade do trabalho conforme as necessidades rigorosas que uma gestão mercadológica exige.

unidade de negócio OEM da Controlflex atua na fabricação industrial voltada para projetos de cabos de acionamento mecânico. A Controlflex fornece desenvolvimento de cabos especiais e definidos conforme necessidade. Sua capacidade de fabricação hoje se destaca como uma das maiores do mercado no país, inserida nos segmentos: agrícola, motociclístico, automotivo leve e pesado.