Existe um forte senso no setor automotivo que defende a construção de um posicionamento mercadológico. Marcas fazem isso há décadas e não é segredo que essa é uma estratégia de marketing extremamente forte.

Um exemplo claro dessa construção de posicionamento é a percepção criada em torno dos carros fabricados pela Volvo. A concepção que muitos têm sobre a segurança oferecida nos carros dessa montadora diz muito sobre o trabalho desenvolvido pela marca. Em conjunto com a inegável qualidade aplicada nos carros da empresa, está o esforço em provar o valor que certamente oferece aos consumidores.

Não é muito diferente ao que acontece no mercado de reposição de motopeças. De um lado existe a certeza de encontrar opções de produtos excepcionais disponibilizadas por várias empresas que atuam nesse setor, enquanto que do outro lado, existe a noção criada por cada consumidor em relação às opiniões formadas de cada marca.

O trabalho de construção de valor começa a partir do momento em que são estabelecidos diretrizes que certificam a qualidade dos produtos e serviços que são fornecidos. Assim sendo, se os pilares estruturais que garantem o valor da marca forem mantidos, chegará o ponto em que o consumidor-alvo inevitavelmente reconhecerá esse esforço.

É esse princípio que conduz a Controlflex a trabalhar arduamente todos os dias a fim de conquistar o reconhecimento dos consumidores. Com investimentos em pesquisas e novas tecnologias, a Controlflex, como indústria (OEM), busca projetar e desenvolver os melhores sistemas e cabos de acionamento mecânico do mercado, e como importadora (Aftermarket), realizar a importação, comercialização de peças para motocicletas buscando sempre atender as necessidades dos clientes.